sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Todo Psicólogo é louco? Não se iluda nenhum pouco!



(Texto escrito por Liliana Alzira Cunha para o Informativo INSIGHT em Junho de 2010-Unipac Bom Despacho)

"De medico e louco todo mundo tem um pouco”. Essa frase é bastante conhecida,direcionou-se também aos psicólogos,originou-se entre os psiquiatras. A Freud atribui-se a afirmativa de que "de perto ninguém é normal". Mas daí inventarem que todo psicólogo é meio doido,já é demais!Ficar falando isso de forma descuidada e pejorativa é, no mínimo, tolice.

Muitas vezes um sujeito chamado de "louco" é bem mais lúcido do que um pseudo equilibrado,que se intitula "normal". Normal?
Que palavrinha mais questionável, e seu conceito é bem arbritario (Eu nunca quis ser normal) As pessoas formadas em psicologia percorrem por um caminho que envolve submeter-se aos processos psicoterapêuticos, ver e estudar a doença mental de perto. Aprendem a enxergar que por trás das melhores aparências podem morar historias muito tristes,sabem que todos nos maquiamos a realidade e que sonhos são como verdadeiros "mapas da mina".Sabemos que nada em nossa vida passa despercebido,que nada é tão simples e que não esquecemos absolutamente nada, nos guardamos em alguma gavetinha do nosso inconsciente, com uma plaquinha do lado se fora indicando que tipo de sentimento refere-se àquele material guardado. O ser que estudou psicologia com afinco e mergulhou em suas profundezas de alguma forma,tem a certeza de que "entre o céu e a terra há mais misterioso que a nossa vã filosofia", como disse o grande gênio Shakespeare.
Portanto, por esse saber e entender,esse individuo psicólogo pode ver a vida de forma um pouco diferente .Louco?Não, nem um pouco!

Ele só tem uma relação mais intima com que é interno, observa o contexto por uma ótica cientifica, mais requintada, treinada, como se usasse uma lupa imaginaria. E quando esse psicólogo deflagra algo que alguém não quer ser ou não concorda, então, esse alguém se rebela, pois não queria ter consciência daquilo que diz "nada a ver" , "você ta viajando". Esperam que ele seja serio,concentrado,sorria contidamente, fale com clareza, não tenha duvidas sobre nada, muito menos problemas pessoais.
Será que existe alguém assim? Costuma exigir um super equilíbrio dos psicólogos, eles não podem ter falhas? Isso significa falhar em seus consultórios? Um medico não pode ter problemas de saúde, um economista passar por uma crise financeira, um advogado sofrer um processo?
Psicólogos podem sim ter duvidas e problemas, mas o que vai diferenciá-los das outras pessoas pode ser a forma de resolver, entender, solucionar e manejar esses problemas. Ser psicólogo pode e facilitar,mas ele continuara sendo humano,cercado de outros humanos que constroem a vida com ele.